TV Globo começa a preparar novela sobre Velho Chico que pode ter Petrolina e Juazeiro como cenário

Foto: Antonio Moreno/divulgação

Foto: Antonio Moreno/divulgação

A novela ‘Velho Chico’em fase de preparação pela TV Globo, terá a sua trama recheada de dados da realidade da bacia do São Francisco, retratando não só os problemas como, sobretudo, as ações positivas em andamento nas quatro regiões fisiográficas da bacia.

Buscando mais autenticidade para a trama, a autora Edmara Barbosa (filha do escritor Benedito Ruy Barbosa) se reuniu na última semana, em São Paulo, com representantes do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), para buscar mais informações sobre o rio e o cotidiano das populações ribeirinhas, bem como revelando o ponto de vista do colegiado sobre a difícil problemática atual do Velho Chico, onde pontifica a crise hídrica. O folhetim, segundo especulações, pode ter o Vale do São Francisco (provavelmente Petrolina e Juazeiro) como cenário para as locações.

A novela que Edmara Ruy Barbosa escreve com o filho Bruno para as 18h deve estrear em agosto de 2016. A produção será ambientada na cidade fictícia de Grotas, localizada na região, e terá sua trama baseada na história de um grande latifundiário local que vê no Rio São Francisco um instrumento de manutenção do poder. O cenário evidenciará os desequilíbrios sociais advindos desse propósito, recheados pelos dramas familiares das diversas gerações.

História

Como explicou Edmara, a novela se passa em três fases. A primeira, nos anos 1970, mostra os desmandos de um poderoso ‘coronel’ de Grotas. A segunda, no final da década de 1980, evidencia a sucessão do patriarca pelo filho. A terceira, nos dias atuais, está focada no conflito desse sucessor com as ideias do seu filho Raul, formado na cidade grande, que se preocupa com a população e a sustentabilidade da região.

O processo de criação da novela Velho Chico começou há alguns meses. Edmara fez questão de conhecer de perto a realidade da bacia. Realizou viagens para vários lugares, conversou com agricultores, pescadores e também com representantes do CBHSF.

Fonte: Blog de Carlos Britto

banner
banner

Faça um comentário

Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog (clique aqui). Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído