Ministério Público lança aplicativo de celular para cidadãos

 

 

 

Aplicativo em funcionamento. Pesquisa realizada pelo nome Sento Sé, no menu Improbidade aparecem cinco ações penais.

Aplicativo em funcionamento. Pesquisa realizada por Município, cidade Sento Sé, no menu Mapa da Improbidade, cinco ações penais foram encontradas.

Aplicativo já disponível no Play Store

Aplicativo já disponível no Play Store para as plataformas Android e IOS

Já está disponível para aparelhos celulares e tablets de usuários das plataformas Android e IOS o aplicativo MPBA Mobile. A novidade está na Apple Store desde hoje, 18, e desde o dia 9 na Play Store do Google, para download gratuito. Por meio do aplicativo, a população vai poder acessar o Mapa da Improbidade e verificar as ações de improbidade administrativa nos municípios baianos, localizar a Promotoria de Justiça mais próxima, fazer denúncias de corrupção, acessar o Diário de Justiça Eletrônico, vídeos do ‘MP Explica’, as redes sociais da instituição, além de solicitar informações e acessar o Portal Transparência. Elaborado durante três meses pela Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), o aplicativo surgiu de uma ideia alinhada com a Controladoria de Gestão Estratégica e a Chefia de Gabinete do Ministério Público estadual e tem por objetivo aproximar a instituição e o cidadão, aumentando a presença do MP na sociedade. De acordo com o diretor de Tecnologia de Informação do MP, Yuri Araújo, o aplicativo tem todas as suas funcionalidades disponíveis 24 horas por dia e já serve de modelo para outros Ministérios Públicos. “Recebemos uma visita de colegas do Rio Grande do Norte que, após conhecerem o MPBA Mobile, estão discutindo a viabilidade técnica para a implantação de um serviço semelhante”, afirmou, salientando que a DTI já recebeu retorno positivo de alguns usuários e estuda sugestões para aprimorar ainda mais o aplicativo.

Fonte: Cecom/MP

banner
banner

Faça um comentário

Antes de comentar qualquer matéria leia as regras de utilização do blog (clique aqui). Qualquer comentário que violar as regras será automaticamente excluído